quarta-feira, 22 de abril de 2009

Na pele




**desenho de: Bárbara Figueiredo - atualmente em Uberlândia 3º período de Ciências Sociais - UFU. Essa menina é ótima!!

Caminho na ferocidade do meu tempo
Travessas de sobremesa trincando o chão da pele
Assim que a seca na tina atinge o alvo certo
Atravessado naves no solo de céu descoberto
se perde da vista a distância da botina
passos descobertos em janelas partidas
mães que não choram o tempo repetido
rugas que a pele guarda a menina...
Os minutos guardados na memória
Os anos passados não importam
Mas só aquilo que fica...

Um comentário:

Kamikaze Kiwi disse...

Ah, a velha já tá ficando rodadíssima entre nós!!! Mas eu gostei!!! UHauhauhauhauhauahuahua.